APLB – Sindicato e prefeito Temóteo Brito tentam avançar em acordo

Fonte APLB

No dia 18 de junho a direção da APLB – Sindicato se reuniu com o prefeito Temóteo Brito (PSD), o Secretário de Educação e Cultura Hermon Freitas e a equipe administrativa da PMTF. A reunião que ocorreu na sede da APLB – Sindicato, teve como pontos de pauta, opagamento dos salários, o pagamento da primeira parcela do 13º e o reajuste do Piso Nacional de 6,81%.

O reajuste de 6,81% tem como base a Lei do Piso 11.738/2008. A proposta do gestor Temóteo Brito (PSD), e sua equipe técnica é que o percentual seja de 3,4% a partir do mês de junho.

No que compete ao pagamento dos trabalhadores em educação, o gestor se comprometeu a realizar até “o último dia útil do mês ou o primeiro dia útil do mês subsequente” – conforme o documento que a nossa equipe de reportagem teve acesso.

Outro ponto de pauta importante foi a questão do 13º . No termo de ajuste de negociação coletiva do registrado a possibilidade de pagar 25% em 22 de junho e 25% no dia 22 de julho. Caso seja possível, o Município fará o pagamento de 50% do valor do décimo terceiro salário no dia 22 de junho de 2018. A segunda parcela do decimo, ou seja, os outros 50% seria pago no dia 20 de dezembro.

Documento com as propostas Temóteo Brito (PSD):

“O diálogo não foi fechado tendo em vista que a decisão de aceitar ou não é da categoria. Dessa forma, teremos uma paralisação nos dias 19 e 20 de junho. Após o evento vamos relatar os pontos do documento, mas já estamos planejando uma Assembleia para sexta- feira (22/06), para que os trabalhadores em educação, votem aprovando ou não os termos que constam no documento” – declarou a professora Brasília a nossa equipe de reportagem.

 

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.