Banco Central mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano

Pela terceira reunião seguida, o Banco Central manteve a taxa básica dos juros em 6,5% ao ano, menor nível desde 1999. A decisão foi tomada na tarde desta quarta-feira (1º) e anunciada no início da noite.

Chamada no Brasil de Selic, a taxa é uma importante ferramenta para o controle da inflação e tem influência também sobre as taxas cobradas de consumidores e de empresas em operações financeiras.

Segundo comunicado divulgado após a reunião da diretoria do Banco Central, a decisão foi tomada por unanimidade. O texto diz ainda que a avaliação é de que a economia brasileira segue em processo de recuperação, em ritmo gradual.

Meta de inflação

A cúpula da instituição explicou, no comunicado, que a perspectiva é de que a inflação fique dentro da meta. O objetivo central é que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fique em 4,5%, mas se esse valor variar entre 3% e 6% será considerado como dentro da meta perseguida no ano.

Fonte: Banco Central

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.