Bolsonaro confirma visita de conselheiro de segurança dos EUA

Jair Bolsonaro confirmou, nesta sexta-feira, que receberá a visita do conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Bolton, na próxima semana. O presidente eleito disse, em sua conta no Twitter, que acredita que o encontro trará uma “conversa produtiva e positiva” para os dois países.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Feliz de receber a visita do Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Sr. @AmbJohnBolton, na próxima semana. Certamente teremos uma conversa produtiva e positiva em prol de nossas nações. Bom dia a todos! 🇧🇷

O encontro já havia sido anunciado por Bolton, na quarta-feira. Ele disse que os Estados Unidos e o Brasil “compartilham interesses bilaterais e vão trabalhar juntos para expandir a liberdade e prosperidade do hemisfério ocidental”.

John Bolton

@AmbJohnBolton

Definições do governo

No governo eleito, dois grandes ministérios já são chamados de super: Economia e Justiça. O juiz federal Sergio Moro comandará a Justiça, incluindo a estrutura existe e mais Segurança Pública e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), atualmente vinculado ao Ministério da Fazenda.

O economista Paulo Guedes, segundo Bolsonaro, “tem carta branca” para escolher os nomes da área econômica. No Ministério da Economia, haverá seis secretarias, como a de  Indústria e Comércio Exterior e a de Privatizações. Também já definiu os comandos dos bancos estatais, Petrobras e do Instituto de Pesquisas Econômicas e Aplicadas (Ipea).

Todos os nomes para as Forças Armadas e a Defesa foram definidos. O presidente eleito disse que no seu governo, os militares terão o respeito que merecem. Também afirmou que pensa em transferir, como foi no passado, os comandos do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, atualmente em lugares distantes do centro de Brasília, para a Esplanada dos Ministérios.

Fonte Jovem Pan

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.