Curinga morre em confronto com policiais do PETO em Alcobaça

Com atuação criminosa em Caravelas e com várias passagens pela polícia por homicídio, tráfico, roubo e tentativa de homicídio, Cláudio Reinaldo Monteiro Filho, vulgo “Curinga ou Cearense” de 17 anos, morreu em auto de resistência com polícias do PETO na tarde desta sexta feira, 27 de abril, em Alcobaça.

Segundo informações, policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional, (PETO), foram chamados para averiguar uma denúncia de que um jovem estava com uma arma de fogo dentro de uma pousada.

Uma guarnição se deslocou até a referida pousada que fica localizada na rua da feira, no centro da cidade e quando os policiais chegaram foram recebidos à bala, a os militares revidaram a agressão e o acusado foi alvejado.

Socorrido para o hospital São Bernardo, Curinga não resistiu e veio a óbito.  Só na delegacia de Caravelas, Curinga ou Cearense tinha quatro passagens pela polícia, a última foi no final de semana passado, quando foi detido por posse ilegal e arma de fogo.

(Com Neuza Brizola)

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.