Por falta de cobertura, agência suspende 26 planos de saúde

Por decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a venda de 26 planos de saúde pertencentes a 11 operadoras será suspensa a partir de segunda-feira (10). Motivada por reclamações dos clientes relacionadas a cobertura assistencial dos serviços, a medida protege os 75,5 mil beneficiários atendidos “com a assistência regular a que têm direito garantida”, afirma, em nota, a ANS.

Para que os planos voltem ao mercado, as operadoras devem comprovar melhorias no atendimento. Entre abril e junho de 2018, a ANS recebeu mais de 17 mil reclamações de natureza assistencial através de seus canais de atendimento. Destas, 16,1 mil foram consideradas para análise. No período, 93,2% das queixas foram resolvidas pela mediação feita pela ANS via Notificação de Intermediação Preliminar (NIP), garantindo resposta ao problema dos consumidores.

Fonte: com informações da ANS

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.