Quatro detentos fogem do presídio de Teixeira de Freitas


Uma preocupação dos Servidores Penitenciários que laboram no presídio é a fragilidade, as condições de trabalho são as piores possíveis, superlotação e déficit de Agentes Penitenciários.

16 de Março de 2018 16:04Comentários desativados em Quatro detentos fogem do presídio de Teixeira de Freitas

Teixeira de Freitas: Quatro detentos fugiram na tarde desta quinta-feira (15), do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, cerca de 809 km de Salvador. A fuga aconteceu por meio de um buraco na parede. Os detentos contaram com apoio de criminosos ostensivamente armados em duas motocicletas do lado de fora da unidade, e um carro branco estacionado em frente à padaria (biscoitos Ikaros), onde outros internos trabalham e deram apoio a fuga.

Os foragidos são, Maicon Oliveira Ramos, João Vitor da Costa dos Santos, Rodrigo da Rocha Rodrigues e Fábio Conceição Calixto. A ação se deu por briga de facções, Rodrigo havia acabado de ser beneficiado com o regime semiaberto, dominado pelo grupo rival. A unidade é gerida por um tenente-coronel da Polícia Militar. Uma preocupação dos Servidores Penitenciários que laboram no presídio é a fragilidade, as condições de trabalho são as piores possíveis, superlotação e déficit de Agentes Penitenciários.

O muro é de bloco simples de barro, a guarita do perímetro esta “jogada as traças”, e os cadeados enferrujados. Na unidade falta policiamento, vale salientar que, a responsabilidade pela vigilância perimetral das Unidades Prisionais baianas é exclusiva da PM-BA. A política adotada pelo governo é de sucateamento do sistema prisional, e com isso, todo o funcionamento das unidades é prejudicado, não há investimento em material humano, o que há é uma desvalorização dos Agentes Penitenciários.

O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (SINSPEB), não se cansa de denunciar o descaso e a falta de condições de trabalho que contribui para a fuga de presos no estado, e a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), nada faz para resolver o problema da falta de segurança e efetivo.

Fonte Neuza Brizola

Os comentários estão fechados

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.