Três novas unidades entram no projeto de proteção da Amazônia




12 de agosto de 2017 08:00Comentários desativados em Três novas unidades entram no projeto de proteção da Amazônia

O Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa) vai abranger mais três unidades de conservação (UCs) em Rondônia e Roraima, localizadas na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. Ao todo, a Arpa apoia 72 UCs federais.

Assim, as unidades poderão elaborar plano de manejo, realizar reuniões do conselho gestor e providenciar proteção e aquisição de equipamentos para consolidação da proteção ambiental.

Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente e executado em parceria com agências de áreas de proteção federais e estaduais, instituições privadas e sociedade civil, o Arpa é gerenciado financeiramente pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e financiado com recursos do Global Environment Facility (GEF), do governo da Alemanha (KfW), da Rede WWF, Moore Foundation e do Fundo Amazônia, por meio do BNDES, além de empresas como a Anglo American.

A consolidação do programa Arpa significa a implantação de uma estrutura mínima de gestão que garanta a integridade das unidades de conservação no curto prazo e viabilize o planejamento a médio prazo.

Fonte: Portal Brasil

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.